Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Parte vinte e seis

Arrumei-me, o banho fez aquela explosão de hormônios acabarem, o estresse melhorou um pouco, mas o pensamento e a indecisão ainda martelavam minha cabeça. Fui pro computador, combinei de encontrei umas amigas do colégio no shopping e pouco tempo depois estava lá. Encontramos-nos todas, fizemos compras, paqueramos, tomamos sorvete. Estava tudo indo bem, estava esquecendo um pouco o tal assunto “Nick”. Mas claro que, alguma coisa tinha de acontecer, logo o avistei de mãos dadas com uma garota, ele passou por mim e soltou a mão dela com uma desculpa de procurar algo no bolso, ele me olhou e deu um sorrisinho que transmitia na verdade, tristeza. Logo, imagina-se o que se passava em minha mente, o quê meu coração sentia. Minhas amigas me viram séria e com o olhar triste, minha respiração estava ofegante, como se eu estivesse com muita raiva, sem querer derrubei o sorvete no chão. Ele ficou parado me olhando enquanto sua namorada olhava a vitrine das lojas. Nós dois ficávamos parados, enquanto minhas amigas chamavam alguém pra limpar a sujeira, a Lia, a mais simpática de todas falou:
- Jú, eu volto já ta? Fica ai. – Ela falou me olhando nos olhos, enquanto meus olhos estavam voltados pra ele. – Jú? Ta me ouvindo?
Nossa. Não me contive, ele olhava em meus olhos, uma lágrima caiu do meu olhar. Eu via que ele também estava sofrendo.
- Oi, desculpa Lia, avisa as meninas que eu tô indo embora.
Simplesmente me virei, peguei minha bolsa e saí andando.
Não olhei pra trás, não quis voltar, apenas queria Paz. Chegando à saída do shopping ele puxa meu braço com delicadeza, ele ajoelhou, AJOELHOU! E me pediu perdão. Perdão pelo que fez e pelo que não fez, ter pedido perdão antes. Eu estava chocada, estava arrasada, mas queria ele de volta pra mim.
[...]

2 comentários:

Anônimo,  4 de fevereiro de 2010 15:22  

cooooooooooooooontinua cara, pelo amor de Deus;

Postar um comentário

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital